Heráldica

Bandeira, Brasão, Insígnias/Condecorações Municipais

​Bandeira:
Gironada de amarelo e vermelho, cordões e borlas de ouro e vermelho. Haste e lança de ouro.


brasao.png
Brasão:

Escudo de negro, sobreiro arrancado de prata, frutado de verde e descortiçado de vermelho, entre duas granadas de ouro ardentes de vermelho. Coroa mural de prata de cinco torres. Listel branco com os dizeres a negro: " CIDADE DE VENDAS NOVAS ".


Insígnias/Condecorações Municipais
O Município de Vendas Novas decidiu criar as Insígnias/Condecorações do Município e para isso convidou um Vendasnovense ilustre, um dos mais qualificados e prestigiados medalhistas do nosso país, reconhecido internacionalmente, o Prof. Escultor Hélder Baptista.

Assim foram instituídas as seguintes medalhas: A Medalha de Ouro da Cidade de Vendas Novas, a Medalha de Mérito Municipal e a Medalha de Mérito Profissional.

As três Medalhas têm uma face comum, concebida a partir dos elementos brasonais, que distinguem a Cidade de Vendas Novas de qualquer outra cidade…
Nesta face, desenvolve-se uma orla, baseada num grupo composto por duas granadas e uma folha de sobreiro que se repete, com a legenda – Município de Vendas Novas.

O sobreiro é representado por uma folha, lembrando que Vendas Novas esteve e está ligada à indústria corticeira e, duas granadas representando a Escola Prática de Artilharia, a unidade militar mais importante desta arma em todo o país.

No reverso, para além da legenda que as distingue e que dão o nome ás insígnias – Medalha de Ouro da Cidade, Medalha de Mérito Municipal e Medalha de Mérito Profissional – são introduzidos grafismos que as individualizam.

O reverso da Medalha de Ouro da Cidade, contém uma orla que foi concebida a partir da ideia de que Vendas Novas é a principal “Porta do Alentejo”, a qual é definida por três entradas: Caminho-de-Ferro, Estrada Nacional e Auto-Estrada, que foram aqui representadas por um grupo de três portas, que se repetem em círculo.

O reverso de Medalha de Mérito Municipal, contém uma orla a partir da ideia principal “Porta do Alentejo”, composta por uma arquitectura ancestral alentejana.
Finalmente, o reverso da Medalha de Mérito Profissional, contém uma orla composta a partir dos favos de uma colmeia, como símbolo de laboriosas actividades.