27 março 2018

Casa cheia para ver “A Gaivota e o Gato que a Ensinou a Voar”

​Original de Luís Sepúlveda, esta é uma fábula em que as personagens são gatos e gaivotas. É a história do gato Zorbas, que estava em casa, sozinho, a apanhar sol na varanda, quando lhe cai ali, mesmo à sua frente, uma gaivota moribunda. Esta, depois de ser apanhada pela maré negra, perde-se do seu bando e o seu último destino é a varanda do Zorbas. Porém, antes de morrer, põe um ovo e faz três pedidos ao grande gato: primeiro, que não coma o ovo, depois, que deverá tomar conta da gaivotinha quando esta nascer e deverá ensiná-la a voar. Zorbas concorda, sem se aperceber da grande responsabilidade que é educar uma pequena ave.

Este foi o ponto de partida que a equipa da Cultura do Município de Vendas Novas teve para dirigirem um elenco composto por alunos da Academia Sénior de Vendas Novas (Maria da Luz Roma; Elisabeth Noronha; Eduardo Santos; Ludovina de Azevedo; Silvéria Gandum; Maria Alice Carrasquinho; Felisbela Gomes e Joaquim Pereira) que mereceu fortes aplausos, e gargalhadas, da plateia lotada.