Prevenção Florestal

​A prevenção florestal é uma ação que pretende reduzir o número de incêndios florestais e a sua incidência em termos de área ardida. Prevenir os incêndios implica o desenvolvimento de diversas atividades como as ações de silvicultura preventiva, melhoria das infraestruturas de defesa, sensibilização da população para o correto uso do fogo e para a deteção precoce dos incêndios, dinamização do sistema de vigilância dissuasória fixa e móvel e melhoria dos sistemas de deteção, combate e rescaldo.

A prevenção deve ser uma atitude de todos os cidadãos perante a ameaça dos incêndios florestais e a importância da preservação do património florestal. É necessária a participação de toda a população nesta batalha contra os incêndios, nomeadamente através da consciencialização para o correto uso do fogo e para a necessidade de manter a floresta limpa de matos e silvas.

Cuidados a ter para reduzir o número de incêndios:

- Não faça fogueiras, queimas ou queimadas ou qualquer tipo de lume;
- Não fume na floresta ou em locais densamente arborizados;
- Não lance pontas de cigarro para fora da viatura quando circular de automóvel;
- Limpe o mato e arvoredo, numa distância mínima de 50 metros em torno de habitações;
- Guarde em local seguro, lenha, combustíveis e outros produtos inflamáveis que possua;
- Não use máquinas sem proteção de faíscas de combustão;
- Não deixe matos nem resíduos florestais cortados no interior das áreas florestais;
- Não deite lixo no chão, guarde-o em sacos de plástico e transporte-o até ao contentor mais próximo;
- Se for passear à Floresta leve a sua refeição preparada, para evitar acender fogueiras;
- Se notar a presença de pessoas com comportamentos estranhos, observe e informe sobre as características que possam conduzir à sua identificação.

Em caso de incêndio florestal:

- Alerte imediatamente os bombeiros ou através do número 112 (GRÁTIS)
- Sem colocar a sua vida em perigo, procure extingui-lo ou limitá-lo, com a ajuda de extintores, pás, enxadas, pulverizadores dorsais ou ramos, colaborando na sua extinção até à chegada dos bombeiros;
- Retire a sua viatura dos caminhos de acesso ao incêndio;
- Não prejudique a ação dos Bombeiros, seguindo as suas instruções.

Se o incêndio estiver perto da sua casa:

- Avise os vizinhos;
- Corte o gás e a eletricidade;
- Molhe abundantemente as paredes e os arbustos que rodeiam a casa;
- Solte os animais, eles tratam de si próprios;
- Em caso de evacuação ajude a sair crianças, idosos e deficientes;
- Não perca tempo a recolher objetos pessoais desnecessários;
- Não volte atrás por motivo algum.

Se ficar cercado por um incêndio:

- Saia na direção contrária à do vento;
- Refugie-se numa zona com água ou com pouca vegetação;
- Cubra a cabeça e o resto do corpo com roupas molhadas;
- Respire junto ao chão, através de roupa molhada, para evitar inalar o fumo.

Depois de um incêndio:

- Tome cuidado quando regressar a uma área recentemente ardida, podem haver reacendimentos. Verifique se existem zonas em combustão na sua casa ou à sua volta e extinga-os, caso existam;
- Se a sua casa for evacuada, regresse só quando os bombeiros o aconselharem;
- Assegure-se que a sua casa não está em risco de ruir. Tenha cuidado com os fios elétricos expostos e outros perigos.